Pesquisar este blog

domingo, 1 de maio de 2016

Ad venture - poema de Tarso Correa

Ad venture

Escolhi a vida,
A vida me escolheu;
No amniótico me banhei,
Na luz me fecundei;
Na ânsia pelo ar,
A minha alma suguei,
Vestindo meu corpo,
Um tanto torto,
Iluminei.

PÍLULAS DE LIBERDADE

PÍLULAS DE LIBERDADE - poema de Tarso Correa Cartelas de comprimidos jogados ao chão, De vários gostos e cores que provocam letargia e il...