Pesquisar este blog

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Laços

Poema de Tarso Correa

Laços


O trançar dos braços,
No nó do abraço,
Calor de receber e dar,
Ato do amor, simplesmente trocar, tocar;
São laços que se fundem,
Carinhos que nos unem;
É expressar sem falar,
É a síntese dos sentimentos sentidos,
Na simplicidade do envolver,
De só querer,
Querer te querer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sem titulos, uma forma de protesto

Poema de Tarso Correa Será que vale um rio? Será que vale uma montanha? Será que vale vidas? Vale sim um vazio, Um vale de lama, Um v...